O projeto de criação do Master Plan do Museu do Universo/ Planetário RJ, com características de museus de quarta geração, e design interativo, especialmente de tipo hands on, obteve aprovação com ênfase, avaliado por renomados diretores de Museus de Ciência (EUA) indicados pela Fundação Vitae.

Para atender aos eixos temáticos definidos pela instituição e adaptar a expografia às restrições do espaço arquitetônico, a exposição
foi dividida em duas áreas: a Nave Escola do Sistema Solar e o Salão com temas gerais de astronomia, astrofísica e cosmologia.

No vão superior da entrada, modelos dos planetas do Sistema Solar em suas proporções relativas dominam o espaço aéreo,
recebendo o visitante.

 

O conjunto instalado no Salão é composto de dezenas de aparatos - Pêndulo de Foucault, Sistema Sol-Terra-Lua, Marés, as Estações do Ano, Efeito Doppler, o Hubble, pesquisa espacial e o espectro eletromagnético, Kepler, Newton e viagem a Lua, entre outros – que apresentam ao visitante os principais temas da Astronomia.

 

A Nave Escola, ‘estacionada’ na área a esquerda da entrada, apresenta o Sistema Solar em detalhes e constitui um espaço de imersão propiciando uma viagem através da Via Láctea.

 

O Museu do Universo está aberto durante todo o ano, funcionando de 3a a 6a, das 9h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 14h30 às 17h.

O museu fica no Planetário da Gávea - Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea.

O ingresso é gratuito para maiores de 60 anos, servidores municipais, guias turísticos, escoteiros

da regional do Rio e professores, mediante apresentação de documentos.

Planetário do Rio

Ano: 2009

Cliente: Governo do Estado do Rio de Janeiro

Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia
Planetário do Rio Cenografia