O projeto de revitalização da Sala de Paleontologia do Museu Nacional, realizada com curadoria do Departamento de Museologia/ Dra. Tereza Baumann e equipe, exigiu da MBA um procedimento técnico específico na elaboração e na instalação dos expositores para os fósseis de seu importante acervo. Os expositores em curva com borda inclinada permitiu otimizar o fluxo e aproximar os fósseis dos visitantes, sem risco
de acesso indevido.

 

A proposta expográfica acrescentou ao conjunto elementos em alto relevo (acessibilidade), dioramas e reconstituição de ambientes (Mar do Devoniano, Afloramento com trilobitas, braqueópodes, crinoides, moluscos e conularias), Coluna Estratigráfica composta em sua maioria,
por espécimes brasileiros e modelos de animais em vida (Preguiça Gigante, Tigre Dente de Sabre, Unaysauros).

 

A partir do conteúdo científico desenvolvido pelas pesquisadoras Prof. Dra Vera Maria Medina da Fonseca e Prof. Dra. Deise Dias Rêgo Henriques da UFRJ, foram criadas inúmeras ilustrações apresentando o paleoambiente povoado pelos animais do período, e infográficos pedagógicos para facilitar o acesso do conteúdo ao público em geral.

 

O Museu Nacional fica localizado na Quinta da Boa Vista, São Cristóvão, Rio de Janeiro, e está aberto ao público de terça a domingo das 9:00 às 16:00
e as segundas-feiras das 12:00 às 16:00.

Revitalização Sala de Paleontologia

Ano:2006

Cliente: Museu Nacional do Rio de Janeiro

Paleontologia: Animais do Brasil
Paleontologia: Animais do Brasil
Paleontologia: Fósseis
Paleontologia: Fósseis
Paleontologia: Fóssil Preguiça Gigante
Paleontologia: Linha do Tempo
Paleontologia: Linha do Tempo detalhe